Marketing

5 lições importantes do Lobo de Wall Street

lições importantes do lobo de wall street
Scuadra
Escrito por Scuadra

Aprender por meio de livros e filmes é sempre uma boa ideia, e esses itens podem ser poderosas ferramentas para quem quer se inspirar e adquirir cultura. Diante desse contexto, podemos observar diversas lições de O Lobo de Wall Street, que certamente foi uma das obras (no âmbito editorial e também no cinematográfico, estrelado por Leonardo DiCaprio) mais interessantes dos últimos tempos.

Além de ser um sucesso de público e crítica, a vida do corretor Jordan Belfort definitivamente pode contribuir para quem deseja ter êxito nos mais diversos segmentos do mercado. Quer descobrir como? Então confira os ensinamentos que separamos no conteúdo a seguir.

1. Controle o seu estado emocional

A primeira das lições do Lobo de Wall Street que você precisa aprender é ter controle do seu estado emocional. Nos dias de hoje, somos submetidos a diversas situações de estresse, tanto na vida pessoal quanto na profissional, e não podemos deixar que isso prejudique o nosso poder de decisão.

Quando você está em equilíbrio, fica mais fácil ter clareza de raciocínio e, obviamente, é mais provável que as suas atitudes sejam mais acertadas e inteligentes. Ao perceber que você está perdendo o seu bom-senso, pare, reflita, respire fundo e recupere a sua sensatez.

2. Desenvolva o dom da oratória

Jordan Belfort, protagonista de O Lobo de Wall Street, não era necessariamente o maior conhecedor dos investimentos da bolsa de valores, mas ele conseguiu perceber cedo que algumas técnicas, quando aplicadas de forma eficaz, podem trazer o resultado que você espera. E uma delas é o dom da oratória, que é uma grande ferramenta de marketing para quem precisa utilizar o diálogo para convencer clientes.

Quando você consegue persuadir os outros por meio do discurso e das palavras, o mundo fica a seus pés. É perfeitamente possível desenvolver essa capacidade com treinamento e leituras adequadas, de forma que você possa utilizar os aspectos emocionais em favor do seu empreendimento.

3. Sua equipe é seu bem mais valioso

Algo que fica claro na história de Belfort é como ele se coloca à frente dos seus colaboradores para protegê-los e motivá-los. Ele deixa claro como valorizar a sua equipe e exibe essa emoção em seus discursos.

Outra estratégia que utiliza é promover festas, celebrações e concursos para manter seus funcionários efetivamente inflamados. Mas, como promover a motivação de sua equipe é um assunto um pouco delicado (e ilícito) em O Lobo de Wall Street, recomendamos utilizar maneiras menos preocupantes do que as de Belfort.

4. Manter foco é fundamental

Outra das lições do Lobo de Wall Street é bem conhecida do mundo corporativo, mas é tão importante que merece reforço constante: ter foco é fundamental. O personagem vivido pelo ator Leonardo DiCaprio no filme é extremamente determinado e objetivo.

Essas são características essenciais da grande maioria dos grandes líderes, desde que sejam utilizadas com parcimônia e limites, sempre em favor do empreendimento e dos colaboradores.

5. Dissemine os valores da empresa

Muito se fala atualmente sobre valores e missão das empresas, mas o fato é que essas características precisam efetivamente ser disseminadas para os funcionários da organização. As equipes precisam estar alinhadas com essa realidade, de maneira que formem um time coeso e que trabalhe em função dos mesmos objetivos.

Deixar claro o que o empreendimento considera bom e ruim (social, econômica e até mesmo moralmente) é indispensável. Essa transparência ajuda no desempenho e contribui para um resultado final mais satisfatório, dentro das expectativas da gerência do negócio.

Essas são algumas lições do Lobo de Wall Street! Gostou desse conteúdo? Então não deixe de assinar a nossa newsletter para receber ainda mais artigos interessantes!

Saiba mais

 

Sobre o autor

Scuadra

Scuadra

Embalagens personalizadas para empresas que tenham inovação em seu DNA.

Deixar comentário.

Pin It on Pinterest

Share This