Marketing

As piores embalagens que o seu produto pode ter: saiba quais são para não repetir o erro

piores embalagens
Scuadra
Escrito por Scuadra

As embalagens de consumo são parte integrante das atribuições de Marketing. Existem várias opções de embalagens que as empresas devem considerar ao escolher a ideal para o seu produto. Lembre-se que a embalagem é a primeira impressão do produto para o consumidor. Então, antes de definir a embalagem certa para determinado produto, conheça as maiores reclamações dos consumidores e as piores embalagens que um produto pode ter.

Neste post iremos destacar as principais reclamações dos consumidores sobre as embalagens existentes no mercado. Muitas destas reclamações são vistas repetidamente. Outras reclamações não são tão comuns, mas ainda assim, são reclamações que devem ser consideradas.  Então, vamos lá, conhecer algumas das frustrações dos consumidores em relação à embalagem de produtos disponíveis no mercado.

Reclamações dos consumidores

Embalagem difícil de abrir

Consumidores podem levar meses economizando para um produto especial e significativo. A última coisa que eles querem é ter que gastar um tempo tentando entender como abrir a embalagem. Isto acontece regularmente com embalagens de eletrônicos. Os consumidores normalmente precisam de tesoura para abrir a embalagem. Alguns consumidores se queixam de terem sido feridos a partir destas embalagens rígidas.

O profissional que desenvolve embalagens deve focar em material para embalagem que seja acessível, resistente a violações, mas fácil de abrir. 

Por outro lado, é comum encontrarmos produtos perigosos, cuja abertura é extremamente fácil. Este problema é o oposto, ou seja, a abertura do produto é de facílimo manuseio, aumentando o risco de intoxicação por crianças.

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • Evernote
  • LinkedIn
  • Pinterest
  • Print Friendly

Produtos perigosos, porém de fácil abertura, facilitam casos de intoxicação.

Conteúdo subdimensionado do produto

Os produtos subdimensionados são sempre mencionados quando os consumidores são perguntados sobre as queixas de embalagens. Esta é uma questão comumente encontrada em alimentos embalados. As batatas fritas e outros produtos alimentares são frequentemente embalados com ar. Os consumidores geralmente sentem que o tamanho do pacote é enganoso. Esta questão não se limita aos produtos alimentares, existem todos os tipos de produtos embalados que podem ser enganosos para os consumidores.

As empresas costumam usar ar e preenchimento vazio para proteger produtos embalados de danos. O espaço extra usado pode ser enganoso, mas serve a um propósito. Proprietários de negócios que consideram esta opção de embalagem podem usar embalagem clara para exibir o conteúdo e evitar que os consumidores se sintam enganados.

Excesso de embalagem

Os consumidores não gostam de embalagens excessivas na compra de produtos. Embalagem excessiva pode levar às duas primeiras queixas listadas. Embalagem em excesso pode tornar os produtos difíceis de abrir e enganar os consumidores quanto ao tamanho do produto dentro da embalagem.

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • Evernote
  • LinkedIn
  • Pinterest
  • Print Friendly

Infográfico: Embalagem em excesso não significa proteção

Os consumidores também podem entender embalagens excessivas como desperdício ou prejudiciais ao meio ambiente. Muitas vezes a decisão de usar embalagens adicionais é para proteger o produto de danos. Uma dica que recomendamos é usar embalagens suficientes para proteger o produto, mas tornar a embalagem interna sólida.

Outras reclamações comuns

Embalagem frágil

A embalagem é um ótimo meio para transmitir a mensagem da sua marca e o uso do seu produto. Mas ela também deve proteger o produto durante o transporte e armazenamento. Se a embalagem falhar em proteger o produto, toda a finalidade da embalagem foi por água à baixo também.

Não só o produto corre o risco de ficar danificado durante o embarque, mas a marca estará em perigo de desenvolver uma imagem de produto barato ou de má qualidade.

A embalagem não se parece com o que ela contém

Os consumidores dedicam uma mera fração de segundo à prateleira do varejo. Se a embalagem ou a rotulagem do seu produto for vaga ou enganosa em termos de tipo ou qualidade do artigo que ela contém, seu produto e sua marca terão dificuldades em fidelizar o cliente.

Embalagens que são enganosas ou confusas além de não conseguir atrair uma base de consumidores, tem o potencial de prejudicar aqueles que compraram o produto, e que certamente, não comprarão novamente.

 Falta de materiais ecológicos

Este problema, varia de consumidor para consumidor. Pessoas que são preocupadas com o ambiente sentem muito esta questão de sustentabilidade. Em geral, a maior parte das pessoas gostam da ideia de embalagens feita com materiais recicláveis ou de materiais que possam ser reciclados. Ao escolher o material da embalagem, é importante pensar nos benefícios em usar materiais reciclados.

Se não forem escolhidos materiais reciclados, uma excelente saída é colocar informações e ideias de reciclagem na embalagem. Isso transmite a preocupação da marca com o meio ambiente e agrada o consumidor.

Embalagem com design excessivo

As empresas estão sempre se esforçando para chamar a atenção com o design de suas embalagens. Alguns destes designs ajudam a diferenciar as empresas da concorrência, ao passo que outras podem afastar o cliente. Designs que não atraem os consumidores, conforme já mencionamos, podem afastá-los do produto.

Um ótimo caminho para evitar problemas com o design de embalagens é focar em um determinado público, a “buyer persona”. Focar na “buyer persona” é um meio de direcionar o design da sua embalagem a um grupo específico, cuja chances de sucesso serão maior. Ouvir esse público, através de pesquisas, também é importante antes de introduzir a embalagem no mercado.

Pesquisas de embalagens para redução de riscos

Para qualquer profissional de marketing, embalagem de produtos é um tema desafiador. Não importa se tratar de um frasco de shampoo, uma caixa de cereal, ou uma embalagem para congelado, este profissional está sujeito a 3 riscos:

  1. Confusão: sua embalagem pode ser muito semelhante à de um concorrente, e, portanto, causar confusão na prateleira física e/ou na prateleira virtual.
  2. Baixo apelo visual: pode ser desinteressante para o mercado alvo.
  3. Mensagem inadvertida: sua embalagem pode transmitir um valor ou uma mensagem não intencional.

Este último risco, sobre mensagem inadvertida é muito importante. Pequenos detalhes, mesmo que relacionados a cores e escolha de imagens, podem dizer muito sobre o seu produto. Ora! Sabemos que os consumidores são extremamente ocupados e que a embalagem tem apenas algumas frações de segundos para chamar a atenção. Assim, letras pequenas, informações escondidas no rótulo, do ponto de vista do marketing, não funcionam!

Para ter uma primeira impressão positiva, a realização de testes, junto ao consumidor ajudam bastante. Isto poderá reduzir bastante os riscos que acabamos de descrever.

Teste a reação do seu público

Testar a sua embalagem junto ao seu público alvo é o ideal, porém, não é a ideia mais prática. Como alternativa, uma pesquisa “on line” pode ser usada para mostrar visualmente as opções de possíveis embalagens. Isto permite obter um “feedback” do seu público alvo.

As perguntas da pesquisa podem ser formuladas para testar se as mensagens e valores desejados estão sendo bem transmitidos.  As questões podem ser formuladas neste sentido:

  • Preferência inicial: exponha as imagens das opções dos designs das embalagens e peça para o consumidor classificá-las em ordem de preferência.
  • Estética: peça para os participantes avaliar a atratividade de cada um dos designs de embalagens apresentados, seguindo uma escala de “muito pouco atraente”, “atraente” ou “muito atraente”.
  • Distinção: peça para os participantes fazerem uma comparação entre as embalagens, fazendo simples atribuição de palavras. Por exemplo: faça a seguinte pergunta: Qual das seguintes palavras descreve este design de embalagem? Na sequência, uma lista de 7 diferentes palavras (inclua palavras com sentidos completamente opostos). Essa priorização fornece a você informações muito importantes.

Pesquisa feita = tempo bem gasto

Em última análise, um bom produto – como um bom livro – tem que ter sucesso com seu próprio mérito. Mas o produto só pode fazer isso se você obter informações vindas do próprio público alvo. Na ausência de outros conhecimentos, é a embalagem (a capa do livro) que irá atraí-los para o seu produto e não para o dos concorrentes. Tempo gasto em pesquisa é tempo bem gasto!

E você já se deparou com alguma embalagem que você considerou como sendo uma das piores que você já viu? Ou você, para evitar esse risco, já realizou alguma pesquisa de embalagem? Compartilhe conosco sua experiência, e faça seu comentário!

Agora, se você quer inovar na embalagem de seu produto, a Scuadra oferece embalagens diferenciadas para empresas que tenham inovação no DNA. Para saber mais, Clique aqui

 

 

Salvar

Salvar

Sobre o autor

Scuadra

Scuadra

Embalagens personalizadas para empresas que tenham inovação em seu DNA.

1 comentário

  • Um excelente artigo, realmente. Lembro-me que recomendo o uso de salas de dados virtuais para manter as informações de negócios protegidos perfeitamente contra espionagem e vazamento de dados.

Deixar comentário.

Pin It on Pinterest

Share This