Marketing

Como gerar valor por meio da embalagem?

valor através da embalagem
Scuadra
Escrito por Scuadra

Os corredores de supermercados estão repletos de consumidores ocupados que gastam míseros 30 segundos para escolher um produto. O ritmo frenético atual cria uma oportunidade para novas marcas conquistarem seus consumidores. Mas como fazer isto? Como gerar valor por meio da embalagem, otimizando o seu negócio e satisfazendo as necessidades do público alvo? 

A resposta é simples: se colocar no lugar do consumidor encontrando maneiras para melhorar sua experiência com o produto.

Se você não tem ideia de como fazer isto, este post vai te ajudar a encontrar as respostas que você precisa, independente de qual seja o seu produto. 

O valor da embalagem para o consumidor

Sabemos que embalagem é o primeiro ponto de contato do produto com o consumidor. Logo, de imediato a embalagem tem que despertar no consumidor o desejo de adquirir o produto. O elemento chave da embalagem neste primeiro contato é adicionar valor para o consumidor. Esta percepção de valor é sentida quando a embalagem ou mexe com a emoção do consumidor ou oferece conveniência para ele.

Quando uma marca desenvolve a embalagem pensando em algo que possa facilitar, encantar, emocionar ou ter mais de uma utilidade para o consumidor, é certo que o valor agregado do produto será maior. Nestes casos, o consumidor não se importará em pagar um pouquinho mais, caso a sua experiência com o produto seja melhor em detrimento à marca concorrente.

embalagem que agregam valor
  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • Evernote
  • LinkedIn
  • Pinterest
  • Print Friendly

Funcionalidades que valorizam a percepção de valor

A embalagem pode agregar valor através da identificação da marca

Os consumidores ativos de hoje gastam muito menos tempo para escolher um produto nas prateleiras. Mas quando uma marca é conhecida pela sua qualidade, o consumidor confia nela toda vez que precisa do produto. É aí que entra o papel da embalagem, pois ela estabelece a identificação da marca de diversas maneiras.

Esta identificação é vista como um todo, sua aparência geral deve ser reconhecível. Isto é importante para diferenciar-se no ponto de venda, haja vista que o produto é exposto ao lado de muitos outros concorrentes. Se a sua marca é reconhecida pela qualidade e o consumidor consegue identificá-la rapidamente no momento da compra, é certo que ele optará pelo seu produto, mesmo custando um pouco mais.

O formato da embalagem também é um meio de identificação da marca. Um bom exemplo disto é o formato da garrafa de Coca-Cola. Independente da língua em que esteja escrito, o consumidor sabe, imediatamente de qual marca se trata. Até hoje, a forma ondulada é mantida nos gráficos das latinhas.

Agregar valor através das informações na embalagem

Quando os consumidores estão no supermercado prontos para realizar a compra, eles precisam de informações. Eles precisam saber se aquele determinado produto é o certo para eles. E, levando-se em conta que, cerca de 2/3 das compras em supermercados são feitas por impulso*, a embalagem é a única fonte de informação disponível. 

Imagine o consumidor que procura uma alimentação mais saudável, visualiza uma embalagem com informações bem visíveis que o produto tem redução de sódio, sem gorduras trans ou tenha valor calórico bastante reduzido. Isto sem dúvida chamará a atenção deste consumidor, que ciente destes diferenciais, escolherá imediatamente o produto.

Lembre-se que os consumidores estão muito preocupados com a saúde e que, produtos alimentícios precisam de embalagem que contenha informações nutricionais bem claras. E o mais importante: realçar aquilo que diferencie o produto como sendo “mais saudável”. 

Veja que neste caso, as informações na embalagem agregaram valor ao produto e influenciaram a escolha do consumidor.

* De acordo com o Point of Purchase Advertising Institute.

Fácil para transportar 

Embalagens que facilitam o transporte pode ser decisivo no momento da compra. Vamos imaginar aquele consumidor que vai ao supermercado em busca de poucos itens e que não queira gastar muito tempo nisso. Neste momento, uma embalagem de fácil transporte é decisiva na escolha do produto.

Um pacote de papel higiênico, por exemplo, daqueles com 16 rolos. Algumas embalagens possuem alça plástica acoplada enquanto outras não. Isso é uma funcionalidade que, além de baixíssimo custo, agrega muito valor ao produto.  

Muitas vezes, dependendo do produto, apenas uma argola plástica, uma alça desenhada no próprio design da embalagem é o suficiente para agregar valor ao seu produto e destacá-lo entre os demais. Desenvolver a embalagem pensando nas necessidades do consumidor é o melhor meio de agregar valor.

Isto parece tão óbvio, mas nem sempre é o que acontece. Prova disto são as redes de fast foods. Grande parte das embalagens foram desenvolvidas para o consumidor sentar e comer no próprio restaurante. Porém, a dinâmica de hoje mudou, e os consumidores cada vez mais realizam a compra em Drive-thru ou delivery

Todos nós sabemos que as embalagens atuais não facilitam o transporte em nossos carros. O saco de papel não retém o calor, e as batatas fritas ficam murchas e frias em minutos. Isso sem contar que elas se esparramam por todo o saco de papel, deixando-o oleoso e sujando o banco do seu carro. 

Chegar ao seu destino com a sua refeição intacta é tarefa quase impossível para as embalagens utilizadas atualmente. Este é um problema real das embalagens de fast foods que ainda não foi resolvido. Isto mostra que a experiência do consumidor não foi levada em conta! Então, não deixe de se atentar às necessidades do seu cliente ao desenvolver a embalagem do seu produto. O diferencial do seu produto pode estar exatamente aí, agregando valor ao seu negócio!

Melhorar o armazenamento

Melhorar o armazenamento do produto pelo consumidor é outro meio de agregar valor. Este conceito é muito simples, mas as marcas parecem não prestar muita atenção no dia a dia do consumidor. Atualmente, a grande maioria dos produtos comprados são guardados em dispensas ou armários. Produtos que necessitam de refrigeração, são estocados em freezers e geladeiras. 

Mais uma vez parece óbvio, não é mesmo? Porém, imagine uma embalagem de farinha de trigo. Você se lembra a última vez que alguma marca alterou a embalagem para facilitar a sua vida? O consumidor abre a embalagem, utiliza parte do produto e depois a embalagem precisa ser fechada para ser guardada na dispensa ou geladeira. Porém, este processo simples não acontece a não ser que você utilize um porta-mantimentos para isso. A embalagem original do produto, por si só, não possui este recurso.

Apesar de tantos avanços em embalagens, os consumidores ainda têm muitos problemas com embalagens. E a maioria destes problemas são relacionados com o uso e armazenagem do produto em casa.

O mesmo acontece com caixas de cereais e embalagens de arroz e macarrão. A embalagem interna dos cereais é quase impossível de se abrir sem rasgar, a não ser que se utilize uma tesoura. Produtos de uso praticamente diário no Brasil, como o arroz e macarrão tem problemas sérios de embalagens também. As famílias são menores e consumir todo o conteúdo da embalagem de uma vez só é raro. Dosar o produto para o número de pessoas ou refeições ou até fechar a embalagem com a sobra não faz parte das atribuições dos pacotes atuais.

Incluir recursos que facilitem a vida do consumidor ao armazenar o produto é algo que agrega valor ao produto. Os problemas aqui citados são pequena amostra de que há muito a ser feito e desenvolvido. Na maioria dos casos, pequenas soluções, de baixo custo resolvem problemas antigos. Isso só irá agregar mais ao seu produto.

Embalagem compatível com consumo doméstico

Neste tópico a intenção é lembrar que muitas embalagens, principalmente de comidas práticas devem ser compatíveis com as facilidades da casa. Muitos alimentos congelados, por exemplo, possuem embalagens que não podem ir ao micro-ondas ou forno convencional. A contradição entre comida prática e a necessidade de remover a embalagem original e utilizar outro recipiente é inaceitável.

Todos nós sabemos que o micro-ondas criou uma revolução nas cozinhas do mundo todo. Milhares de lares utilizam este eletrodoméstico como principal meio de preparar ou esquentar refeições. Ele permite rapidez e praticidade para o consumidor. 

O consumidor merece uma embalagem que possa vir direto do supermercado para o seu freezer, do freezer para o seu micro-ondas e direto para a mesa, permitindo inclusive fechar para acomodar a sobra da comida. Sob o ponto de vista do consumidor, isto com certeza agregaria demais em conveniência e valor.

Conclusão

Para gerar valor por meio da embalagem é preciso olhar cuidadosamente na tarefa que o consumidor está envolvido e como a embalagem poderia tornar todo o processo mais fácil. Preocupar-se com a íntegra da tarefa ao invés de preocupar-se com uma embalagem mais brilhante, é a chave para agregar valor ao seu produto. Conveniência é a palavra chave de uma embalagem de sucesso para o consumidor atual. Hoje, não basta ter uma embalagem bonita e que proteja o produto. A tendência é adequar a embalagem para o estilo de vida do seu público alvo.

A embalagem conveniente, desenvolvida para melhorar a experiência do consumidor com o produto pode mexer com a emoção. Imagine uma embalagem que acomode vários produtos, em forma de kit. Ela pode trazer uma solução completa para um problema específico do público alvo. Quando isso acontece, o consumidor fica tão animado com a experiência que o kit poderá proporcionar e se decide imediatamente pela compra.

Apesar do setor de embalagens ter passado por muitos avanços ao longo dos anos, a embalagem permanece o principal caminho para aumentar o valor agregado do seu produto. Os consumidores pagarão pela embalagem tanto quanto pagam pelo produto propriamente dito, ou mais, desde que melhorem a experiência dele com o produto, resolvendo seus problemas.

É preciso manter o consumidor claro em mente. Enquanto muitas marcas focam em ter uma embalagem mais fácil de ser entregue, estocada e que gere grandiosos lucros, é preciso lembrar que o consumidor precisa ver e sentir o valor agregado. É o consumidor quem decide se deve levar o produto até a caixa registradora ou não, afinal, é isto o que interessa!

Sobre a Scuadra

Se você está convencido de que é possível gerar valor através da embalagem e quer aplicar esta estratégia no seu produto, entre em contato com nossa equipe especializada. Você terá todas as orientações necessárias, específicas para o seu produto. 

Com instalação ampla e moderna, a empresa é especializada em manuseio e embalagem com tecnologia de ponta e equipamentos exclusivos de última geração.  Possui estrutura completa para entregar projetos personalizados de forma ágil e eficiente.

Entre em contato hoje mesmo e marque uma visita em nossas instalações. Teremos o maior prazer em encontrar a melhor solução para o seu negócio de forma personalizada.

 

Sobre o autor

Scuadra

Scuadra

Embalagens personalizadas para empresas que tenham inovação em seu DNA.

Deixar comentário.

Pin It on Pinterest

Share This