Soluções criativas

Conheça os 6 erros mais comuns nas embalagens

erros mais comuns nas embalagens
Scuadra
Escrito por Scuadra

Que a embalagem é uma das partes mais importantes de um produto, muita gente já sabe. Mas você já parou para pensar em como pequenos erros podem comprometer toda a imagem da empresa perante seu público-alvo? No post de hoje, vamos falar sobre os 6 erros mais comuns em embalagens. Confira!

1. Falta de cuidado com os desenhos e ilustrações

Periodicamente, surge alguma compilação das embalagens mais engraçadas do mercado. A maioria apresenta alguma imagem equivocada, o que acaba por “viralizar” o produto na web.

Nesse tipo de erro, o mais comum é vermos alguma ilustração com conotação sexual, pois são os que se tornam mais populares. Enquanto para o público que se diverte com o conteúdo isso é algo positivo, a empresa que cometeu o erro pode sofrer graves consequências e ficar marcada por muito tempo.

A melhor maneira de se evitar isso é, obviamente, contratar um profissional ou empresa especializados na criação do design da embalagem. Como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica. Então, nada melhor do que a embalagem dos produtos transmitirem aquilo que a empresa deseja passar para seu público.

Portanto, investir em um bom design de embalagem é primordial para não ficar marcado por erros bobos. Cuidando da embalagem dos seus produtos, você está cuidando da imagem da sua empresa e colhendo as vantagens de uma embalagem bem plenajada.

2. Inserção de informações erradas

Tão importante quanto as imagens que compõem uma embalagem são as informações inseridas nela. Ela precisa ser capaz de deixar o consumidor ciente de dados como data de validade, conteúdo, volume, ingredientes, restrições de uso ou alimentares, entre outros.

Nesses casos, os erros podem acontecer na criação, revisão ou mesmo na impressão dessas informações na embalagem ou rótulo. Alguns deles podem ser até engraçados, mas certas informações erradas podem trazer sérios problemas para a empresa.

Imagine algum produto perecível com a data de validade impressa errada? Ou a falta de informações sobre o conteúdo do produto, como a inserção de glúten nos ingredientes? Além de não serem nada engraçados, esses erros podem gerar processos e perdas financeiras para a empresa.

A melhor maneira de se evitar esses equívocos é contar com redatores e revisores capacitados. Esses profissionais irão elaborar os textos e informações que serão inseridas na embalagem, além de corrigirem os erros que porventura apareçam, sempre antes da divulgação e comercialização dos produtos.

3. Descuido com a tradução de outras línguas

Esse tipo de erro é mais comum quando vemos embalagens estrangeiras, nas quais normalmente reconhecemos termos do português ou mesmo do inglês. No caso da nossa língua portuguesa, é recorrente fazermos correlações entre o que é falado aqui no Brasil e em Portugal.

Para pequenas empresas, que pretendem comercializar apenas nacionalmente, esse não é necessariamente um ponto que demanda muita preocupação. Mas para os negócios que têm como objetivo a expansão internacional, é preciso ter muita atenção com os termos escolhidos para estampar a embalagem dos produtos.

Para aquelas palavras que não há como alterar a escrita não é preciso se preocupar. Isso vale para ingredientes, composições químicas ou informações técnicas. Inclusive, aqui no Brasil é muito comum vermos embalagens com esse tipo de informação em produtos internacionais, como refrigerantes.

Entretanto, é preciso ter muito cuidado na hora de escolher palavras estrangeiras, ou que se assemelhem a elas, para estampar o nome de um produto ou mesmo da marca da empresa. Exemplos não faltam, e não prestar atenção se o nome escolhido pode ser traduzido de maneira jocosa para outras línguas é uma ótima forma de se tornar conhecido por um erro.

4. Despreocupação na disposição dos produtos

Esse tipo de erro não é relacionado com a produção da embalagem ou mesmo do seu design, mas sim com a maneira que os produtos são dispostos dentro dela. Nas listas de “piores embalagens” que vemos recorrentemente na internet, é muito comum aparecerem produtos, como brinquedos, embalados de qualquer maneira, passando uma impressão errada.

Imagens como bonecas sem roupa, bonecos em posições com conotação sexual ou mesmo equívocos entre o que é anunciado e o que de fato está na embalagem são muito comuns nessas listas.

Na hora de embalar seu produto, certifique-se de que não haverá margem para interpretações maldosas, principalmente se você trabalhar com público infantil. A internet pode até achar engraçado, mas seus consumidores não.

5. Falta de controle de qualidade

Erros acontecem com qualquer empresa. Por isso, é importante ter em seu quadro de funcionários profissionais específicos para a realização do controle de qualidade.

Quando o processo de embalagem dos produtos é realizado de maneira automatizada, em linha de produção, é muito comum aparecerem erros em algumas etapas. Durante esse processo, podem acontecer falhas nos equipamentos, embalagens sem produtos ou outros erros.

Por isso, é muito importante possuir funcionários destacados para a função de conferência dos produtos. Por mais que milhares e milhares sejam embalados de maneira correta, sempre é possível haver um que poderá comprometer a imagem da empresa se for parar nas prateleiras.

6. Trocadilhos

Às vezes, dependendo do tipo de produto comercializado, vemos vários trocadilhos nas embalagens. Muitas vezes feitos apenas na intenção de brincadeira com o público, esses produtos acabam por “viralizar” e ficam famosos, principalmente na internet.

Por mais que essa seja uma estratégia válida de publicidade e possa realmente atrair a atenção do público para o produto em si, é preciso tomar muito cuidado para que os trocadilhos usados na embalagem não sejam de mau gosto.

A melhor maneira de analisar esse tipo de situação é se colocar no lugar do próprio público-alvo. Pense sempre se aquela piada inocente não ofenderá ninguém. E isso é ainda mais importante nos dias de hoje, quando passamos por um período de conscientização social. Afinal de contas, aquilo que pode ser “engraçado” para um grupo de pessoas, pode ser muito ofensivo para outro grupo. E no final, quem fica com uma má imagem será sempre a empresa.

Esses são apenas alguns dos erros mais comuns de se encontrar em embalagens. É preciso ficar atento para não virar piada na internet, principalmente quando a intenção não é essa! Gostou do artigo? Assine nossa newsletter e receba sempre o melhor do nosso conteúdo em primeira mão!

Quer saber mais sobre a Scuadra? Clique aqui

Sobre o autor

Scuadra

Scuadra

Embalagens personalizadas para empresas que tenham inovação em seu DNA.

Deixar comentário.

Pin It on Pinterest

Share This