Branding

O que é neuromarketing e como ele tem sido usado nas empresas?

Scuadra
Escrito por Scuadra

Em um mercado cada vez mais competitivo, saber o que leva o público consumidor a tomar as suas decisões tornou-se uma estratégia fundamental para quem busca resultados de excelência. Dentro desse cenário, o ainda pouco explorado neuromarketing aparece como uma poderosa ferramenta de análise científica para compreender o comportamento do público e, assim, desvendar o que o move para adquirir determinados produtos e serviços.

Indo além das técnicas tradicionais e primando pelo uso da tecnologia, o neuromarketing permite medir as atividades cerebrais envolvidas no processo de tomada de decisão do consumidor, analisando, inclusive, o impacto inconsciente envolvido nesse processo.

Para aprofundarmos um pouco mais sobre esse conceito, listamos abaixo alguns itens que mostram como o neuromarketing pode ser utilizado na sua empresa. Confira!

Análise e fortalecimento da marca

De que forma a sua marca impacta seus clientes? O que eles sentem quando a veem? Por mais complexas que possam ser algumas das respostas para essas perguntas, o neuromarketing ajuda na hora de obter essas informações de forma mais detalhada.

Essa análise permite identificar e, posteriormente, fortalecer os pontos de conexão entre a sua marca e o público, de forma a gerar emoções positivas e facilitadoras de uma escolha favorável para adquirir um produto ou serviço seu.

Medir a eficiência da sua publicidade

Todo investimento em publicidade possui riscos. No entanto, existem inúmeras formas de medir a eficiência dessa ação e buscar resultados melhores, gerando, assim, uma possibilidade maior de retorno.

Indo além das pesquisas tradicionais, o neuromarketing permite entender de forma mais prática qual o real alcance da sua publicidade no mercado. Pontos como o impacto emocional das suas campanhas e reação do público-alvo são levadas em conta de forma ampla dentro desse processo.

Fortalecer a presença digital da empresa

Ter uma presença online sólida é fundamental para expandir os resultados da empresa. Porém, avaliar que tipo de experiência o consumidor está tendo a partir disso e como fortalecer os pontos fracos observados é uma missão que demanda uma série de estratégias.

Ao analisar as atividades cerebrais é possível ter uma noção mais exata de quais emoções são geradas durante essa interação. Sendo assim, é possível transmitir esses conceitos para algumas atividades digitais, como o marketing de conteúdo, de forma a criar materiais que tragam mais impacto e possam ser mais efetivos dentro das suas propostas.

Inovação e Entretenimento

Novidades e entretenimento normalmente geram emoções fortes. O impacto dessas experiências é importante para avaliar se houve conexão entre o que foi apresentado e a reação positiva do cliente, a fim de materializar isso em lucro para empresa.

Em um exemplo claro podemos avaliar o impacto que um design inovador ou uma nova embalagem  que um determinado produto teve junto aos consumidores, inclusive nos aspectos que vão além da consciência e da tomada de decisões.

Como você pode perceber, tentar entender quais são as emoções predominantes no imaginário do público e usar essa informação a seu favor pode colocar a sua empresa muito a frente da concorrência, além de gerar resultados de alto nível.

Por isso, o neuromarketing se mostra tão poderoso, já que o seu conjunto de técnicas permite entender melhor o papel da empresa, o papel dos consumidores e os detalhes que envolvem essa interação. Dessa forma, torna-se mais fácil oferecer soluções mais completas e personalizadas.

Quer saber como gerar uma experiência única para os seus clientes? Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de novidades incríveis — estamos no Facebook, Twitter e Google+.

Acesse nosso site e saiba mais

Sobre o autor

Scuadra

Scuadra

Embalagens personalizadas para empresas que tenham inovação em seu DNA.

Deixar comentário.

Pin It on Pinterest

Share This