Planejamento

Quais os principais KPIs para medir no varejo?

KPis no varejo
Scuadra
Escrito por Scuadra

Acompanhar os índices de desenvolvimento e resultados é uma boa prática em qualquer empresa: por meio deles, é possível ter uma visão melhor das operações e do desempenho, permitindo ações mais estratégicas para alcançar os objetivos da empresa!

Nesse sentido, o KPI pode ser o diferencial para o gestor que pretende manter esse controle da melhor maneira no varejo. Eles são os indicadores mais importantes de um setor operacional — e devem ser analisados, buscando otimização do tempo e melhoria na qualidade do serviço.

O que é KPI e qual a sua importância no varejo?

Os KPIs — sigla para indicadores-chave de desempenho — são uma forma de gestão eficiente que permite ao gestor identificar resultados dentro dos setores, possibilitando avaliar a eficiência de cada setor e a utilidade dos recursos destinados para cada atividade.

Existem vários KPIs no varejo que podem ser analisados, mas, dentre eles, alguns se destacam pela importância e retorno de resultados. Pensando nisso, listamos os principais nos subtópicos seguintes. Veja:

1. Ticket médio

O ticket médio aponta o valor médio gasto por cada pessoa durante um período, ou seja, auxilia no controle de comportamento da clientela e permite traçar uma perspectiva em relação ao processo de compra e venda.

Por meio desse indicador e dos resultados colhidos, é possível investir em um plano de ação mais efetivo. Investir em estratégias de marketing, identificar os clientes com maior potencial de compra, etc. podem ser jogadas estratégicas benéficas para o varejo!

2. Lucratividade

Apresentada como uma das informações mais importantes para qualquer setor comercial, a lucratividade permite compreender o resultado financeiro do negócio — apontando o volume de vendas obtido em um período.

A ideia é dividir o lucro obtido pelo faturamento e seu resultado. Esse é um dos indicadores mais importantes, pois ele aponta se a empresa tem capacidade de cumprir os compromissos e gerar lucros!

Resultados baixos exigem tomadas de decisões mais estratégicas para resolver o quadro da empresa, como promoções de vendas, eventos e outras maneiras de atrair clientes.

3. Rentabilidade

Esse indicador é, muitas vezes, confundido com a lucratividade. Dessa forma, é importante saber diferenciar os aspectos relacionados a cada conceito. A rentabilidade está ligada ao retorno que o investimento realizado gera.

É um dado que ajuda ao gestor identificar em quanto tempo o capital investido será recuperado pela empresa: qual o prazo para o aporte financeiro recebido ser integralmente alcançado? Sua base de cálculo se dá pelo lucro líquido dividido pelo capital investido no negócio.

4. Retorno sobre o investimento

O retorno sobre investimento, também conhecido como ROI, é um dos KPI varejo mais importantes, pois é por meio dele que se identifica o lucro obtido a partir de um investimento.

Assim, é possível saber se a empresa gerou lucros ou se houve algum prejuízo por conta dos projetos. Isso é importante para melhorar a destinação das verbas e desenvolver estratégias otimizadas.

A fórmula base para chegar nesse identificador é subtrair o investimento inicial do ganho obtido — e dividir esse valor pelo mesmo investimento inicial. Resultados mais altos significam lucros maiores!

Devo aplicar esse planejamento na minha empresa?

O KPI é peça importante para fazer uma boa gestão no varejo. Por meio deles, é possível que o gestor analise constantemente os índices altos e baixos, permitindo tomadas de decisões mais eficazes — com um melhor aproveitamento das oportunidades no mercado.

E então, você gostou dessas dicas? Nas nossas redes sociais – Facebook, Twitter e Google+ – temos vários outros artigos que podem te interessar! Siga-nos lá e fique por dentro de todas as novidades!

Saiba mais

Sobre o autor

Scuadra

Scuadra

Embalagens personalizadas para empresas que tenham inovação em seu DNA.

Deixar comentário.

Pin It on Pinterest

Share This